Página Inicial
Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo
Prefeitura de São Paulo

COHAB SP realiza vistorias e análises de acessibilidade em condomínios


15:13 10/11/2017                                                                                                         Fotos: Leonardo Pizzingrilli


 

Em parceria com Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, projeto pretende vistoriar condomínios de São Paulo e garantir direito desses moradores

 

Na última terça-feira, (7/11), foi realizada uma vistoria no empreendimento Jardim Arpoador, no Butantã, zona oeste de São Paulo. A parceira entre COHAB SP e a SMPED - Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência – se dá pelo projeto COHAB ACESSÍVEL, que tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência ou dificuldades de locomoção dentro dos conjuntos habitacionais. Foram verificadas rampas de acesso, saída de emergência, hall de entrada entre outros locais.

 “Dentro do projeto SÍNDICOS COHAB, acessibilidade é uma preocupação levantada nessa gestão da companhia. Esse tema é abordado pelos moradores e síndicos durante os encontros semanais realizados por toda São Paulo”, diz Fabrício Ravelli, coordenador do projeto Síndicos COHAB. A vistoria foi realizada pela equipe técnica da COHAB e por João Carlos da Silva, Secretário Executivo da CPA (Comissão Permanente de Acessibilidade), órgão integrado a SMPED.  “É a partir da garantia de um ambiente acessível que as pessoas com deficiência conseguem exercer sua autonomia e direitos básicos, como educação, saúde e lazer. Literalmente, é nosso dever fazer com que a acessibilidade comece dentro de casa, onde elas realizam as atividades humanas mais essências, como comer, dormir e manter a higiene”, diz o secretário Municipal da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato. Também participou da vistoria Carolina Santos, assessora especial da SMPED, que falou um pouco sobre políticas públicas para deficientes e idosos presentes.

 

 

Carolina Santos, da SMPD, de pé, explica aos moradores de pé diante dela, na área comum do conjunto habitacional como promover a acessibilidade nos residenciais