Página Inicial
Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo
Prefeitura de São Paulo

Reunião sobre regularização fundiária e titularidade de imóveis de Heliópolis reúne cerca de 200 pessoas

No encontro os moradores puderam fazer questionamentos e tirar dúvidas processo de regularização e de titularidade de seus imóveis


Horário: 13:15 - Data: 1/03/18

 

O presidente da Cohab-SP, Edson Aparecido, na apresentação sobre regularização fundiária e titularidade de imóveis de Heliópolis

 

A Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (Cohab-SP) realizou na noite desta quarta-feira, 28/02, encontro com moradores do bairro de Heliópolis, zona sul de São Paulo. O presidente da Cohab, Edson Aparecido, e a equipe técnica da Companhia, apresentaram as propostas sobre o processo de regularização dos lotes de toda a comunidade e da titularidade da Gleba K, que possui alguns lotes já regularizados.

O encontro realizado no CEU Heliópolis contou com a presença de cerca de 200 moradores, que, após a apresentação, puderam fazer questionamentos e tirar dúvidas a respeito do processo de regularização e de titularidade de seus imóveis.

“A grande maioria dos moradores quer regularizar a sua situação e tudo o que a Cohab puder fazer para isso, será feito”, afirmou o presidente da Companhia, Edson Aparecido. Ele disse, ainda, que serão realizadas reuniões em cada gleba, para que as dúvidas sejam esclarecidas, garantindo total transparência ao processo.

 

Cerca de 200 moradores de Heliópolis compareceram ao CEU Heliópolis para tirar dúvidas sobre a regularização fundiária e titularidade de seus imóveis

 

Após a realização das reuniões para esclarecer todas as dúvidas, a Cohab iniciará a coleta de documentos dos moradores para a elaboração do instrumento contratual para cada unidade, inclusive para aquelas que se localizam no mesmo lote. A regularização segue a lei federal 13.465/17, conhecida como “Direito a Laje”, que garante a titularidade individual para imóveis em um mesmo terreno.

Com os documentos conferidos, a Companhia fará a emissão de Instrumento Contratual, documento que dará a posse definitiva do imóvel ao morador.

Os lotes serão financiados aos moradores pela Cohab, com valores 73,13% abaixo do preço de mercado.