Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo
Prefeitura entrega mais de 900 títulos de propriedade a moradores de Guaianases, na Zona Leste

A ação faz parte do plano de metas da prefeitura de São Paulo que prevê beneficiar 210 mil famílias em toda cidade


Data: 10/06/19

De Secretaria Especial de Comunicação


Foto tirada de longe mostrando os mutuários reunidos no espaço do evento e a tenda da Cohab ao fundo.

 

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Habitação e da Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (Cohab-SP), entregou neste domingo (9) 960 títulos de propriedades para moradores da Vila Primeiro de Outubro, na região de Guaianases, na Zona Leste.

“É um dia de muita alegria. Quando eu estava na porta, duas pessoas me perguntaram se era verdade mesmo. Pois é, é uma luta de 40 anos, com tantas pessoas. Mas é verdade e eu não podia deixar de estar com vocês no dia de entrega desses títulos”, declarou Bruno Covas. “Este tipo de entrega, muitos políticos não gostam de fazer. Primeiro, porque entregar o título não é algo que fique bonito na foto e na imagem, como entrega da casa ou de um viaduto. O segundo motivo é que o título é libertador. E muitos preferem manter a relação de dependência com o povo, para ter o voto de cabresto”, afirmou. “Ser prefeito é cuidar da cidade, mas mais importante do que isso, é cuidar do cidadão. E esse aqui é um trabalho que muda a vida das pessoas.”

O loteamento teve início em 1922, com a venda de alguns lotes. Em meados da década de 70 começaram as primeiras ocupações, que deram origem ao loteamento denominado Vila 1º de outubro. Em 2009 o loteamento foi incluído no programa de regularização da Secretaria Municipal de Habitação. Em 2010, após execução de obras de infraestrutura, o processo de regularização foi encaminhado para expedição de Auto de Regularização. 

Foto tirada de cima, do corredor da escola que mostra os mutuários esperando a entrega dos mais de 900 títulos de propriedades.    Ao lado esquerdo está dois mutuários assinando contrato e sentadas na frente dos dois, está duas representantes da Cohab.

 

A selagem dos imóveis e o cadastramento das famílias foram iniciados em 2013 e todos os procedimentos necessários para viabilizar o registro do direito real de propriedade foram realizados.

Com os títulos, as 960 famílias têm a posse reconhecida e a garantia ao exercício de seu direito à moradia, com segurança jurídica, acesso a serviços públicos e a possibilidade de melhorar seus imóveis, inclusive pela obtenção de crédito e financiamentos. Além disso, a regularização propicia a oficialização dos logradouros cujo endereço anterior, era considerado informal.

A ação faz parte do plano de metas da Prefeitura e prevê o benefício a 210 mil famílias com ações de regularização fundiária em seus diversos estágios. Do início de 2017 até agora, 53.458 foram famílias beneficiadas no programa, Destas, 7.523 famílias em Guaianases.

Abia Silva de Souza, de 26 anos, recebeu o convite para comparecer à Escola Estadual Prof. Clovis Rene Calabrez, no bairro do Lageado, na região de Guaianases, aonde a Prefeitura reuniu as famílias para a entrega dos títulos. “Nós moramos aqui há mais de 35 anos e estamos há mais de 3 anos tentando a regularização”, explicou a jovem, que ajuda a mãe, proprietária e titular da casa, no processo.

A situação é a mesma de Antônio Marcos, de 38 anos. Ele ajuda o pai no processo de regularização. Quando ele comprou aqui eu tinha 6 anos de idade. “Agora, vamos receber a regularização, a documentação sobre a parte do terreno que nos cabe”, contou.

 

 



Ir para o topo desta página