Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo
Prefeitura entrega 89 unidades habitacionais na zona leste da cidade

Empreendimento atenderá pessoas removidas de área de risco e pessoas chamadas pelo cadastro da Cohab


Data: 20/12/2019

Por: Assessoria de Comunicação - Cohab-SP


 

Nesta sexta-feira (20/12) a Prefeitura Municipal de São Paulo, por meio da Companhia Metropolitana de Habitação (Cohab-SP) e da Secretaria Municipal de Habitação (SEHAB), entregou 89 unidades habitacionais do Residencial Campo das Pitangueiras, em Ermelino Matarazzo, zona leste da cidade.

Das famílias reassentadas no empreendimento, 44 foram removidas em 2009 de áreas de risco da Várzea do Rio Tietê, Pouso do Capim Grosso, Sítio da Casa Pintada, Pólo Cultura, Jardim Cotinha, Agreste e Itabaiana; e estavam inseridas no Auxílio Aluguel. As demais foram contempladas por meio das demandas habitacionais do Município de São Paulo, via lista da Cohab.

 

  

 

Para a construção das moradias, a Prefeitura investiu o total de R$ 1.780 milhão Também foram empenhados R$ 1.931 milhão do Governo do Estado e R$ 8.544 milhões do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. Ao todo, foram investidos R$ 12.255 milhões no empreendimento.

O Conjunto Campo das Pitangueiras conta com dois blocos. O Bloco A possui cinco unidades no térreo destinado para pessoas com deficiência e idosos. Os outros oito andares do prédio também possuem cinco unidades, totalizando 45 apartamentos. Já o Bloco B conta com quatro unidades no térreo, também destinadas para pessoas com deficiência e idosos e cinco unidades por andar. No total, o Bloco B tem um total de 44 unidades. Cada bloco possui um elevador.

O Residencial possui área de lazer coberta e descoberta, playground, espaço de coleta seletiva, áreas ajardinadas, estacionamento e um almoxarifado. Ao todo, o condomínio foi construído em um terreno de 2.567,00m². Todas as unidades do conjunto contam com sala, cozinha, área de serviço, banheiro, dois dormitórios e possuem 49 m².  O bairro possui grande variedade de escolas, lojas, agências bancárias, varejos, atacados, shopping, supermercados, hospitais e postos de saúde.

 

  

 



Ir para o topo desta página