Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo
Cohab acompanha o final das obras do empreendimento Curuçá I

Empreendimento da CDHU vai beneficiar 97 famílias



Data: 16/06/2022


Por: Assessoria de Comunicação Cohab-SP


Foto de baixo para cima do prédio. O prédio possui cor marrom clara e escura.


Na manhã desta quinta-feira (16/06), a Cohab-SP, representada pela Diretora Social, Raquel Berg, acompanhou a cerimônia que de final das obras do Conjunto Habitacional Curuçá I, no Itaim Paulista, zona leste da cidade. O empreendimento é de responsabilidade da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU) e ao todo irá beneficiar 97 famílias pela associação Pastoral da Moradia.


A Prefeitura de São Paulo investiu 20 mil reais por unidade, totalizando o aporte de R$ 1.9 milhões por meio do programa Casa Paulistana. As famílias poderão realizar a mudança após a liberação da Caixa Econômica Federal.


“A união entre os governos federal, estadual e municipal é muito importante para atuação das políticas públicas. Dessa forma é possível auxiliar cada vez mais famílias em estado de vulnerabilidade”, afirma a diretora Social, Raquel Berg.


A Prefeitura de São Paulo trabalha diariamente na execução de políticas públicas eficazes para diminuição do déficit habitacional da cidade. A primeira PPP da Habitação Municipal e o Programa Pode Entrar são duas ferramentas importantes nessa atuação.


 


Foto no palco com as autoridades presentes no evento. No centro o Prefeito Ricardo Nunes segura o microfone em mão e fala com o público do evento.   foto de cima para baixo mostrando a plateia que acompanha a cerimôna. No fundo há um toldo branco.


 


Dados de Habitação


De 2017 até o momento, a gestão municipal entregou mais de 32 mil moradias por meio de ações realizadas em parceria com os governos Estadual, Federal e a iniciativa privada. A iniciativa beneficiou 6,9 mil famílias que foram removidas de áreas de risco. De 2021 até o momento, foram entregues mais de 4 mil novas moradias.


O Programa de Metas da Prefeitura de São Paulo (2021– 2024) estipula a viabilização de 49 mil unidades habitacionais de interesse social, por meio da SEHAB, entre unidades entregues e contratadas. Também estão previstas a Regularização Fundiária para 220 mil famílias e mais 27 mil devem ser beneficiadas com melhorias em obras de Urbanização em Assentamentos Precários.



Ir para o topo desta página